A Informédia Rádio vai promover um passeio de BTT, agendado para 8 de julho.

A iniciativa, que terá um cariz social, com o valor das inscrições a reverterem na totalidade para a CERCI de S. João da Madeira, encontra-se aberta a todos os interessados. Para além de um percurso de 40 quilómetros de dificuldade média, será também realizado um passeio de 15 quilómetros, dirigido aos participantes menos preparados fisicamente.

As inscrições podem ser efectuadas na CERCI de S. João da Madeira ou através do e-mail bttsolidario@cerci-sjm.pt, sendo que a etapa competitiva terá um custo de 10 euros e o passeio de 7,5 euros.

Todos os participantes terão direito a um brinde no valor da inscrição, sendo ainda atribuído um prémio à equipa com maior número de inscritos.

Tanto a partida como a chegada terão lugar em frente à Câmara Municipal de S. João da Madeira.

Nuno Costa deverá ser o novo treinado da equipa sénior de futebol da Associação Desportiva Sanjoanense, faltando apenas, segundo Luís Vargas, presidente do clube, “oficializar a ligação e acertar alguns pormenores”. “Trata-se de um jovem sanjoanense que vai iniciar a carreira como treinador principal”, acrescenta o responsável, sublinhando que Nuno Costa já percorreu algumas equipas de escalões superiores.

De acordo com Luís Vargas, a não continuidade de Manuel Ramos (Néné), que comandou a equipa nos últimos jogos do campeonato, depois da demissão de José Brito, deveu-se a uma “opção tendo em vista o futuro do clube”. No entanto, o responsável alvinegro salienta que ainda falta um conjunto de situações para que a contratação do novo técnico seja oficializada, apesar de já se encontrar a preparar a nova época desportiva com os restantes elementos da direção. “O convite oficial feito a Néné foi para a coordenação dos escalões de formação, mas não aceitou”, esclareceu o responsável pelos alvinegros, salientando que tanto Manuel Ramos como Paulo Correia, que orientaram a Sanjoanense nos últimos jogos, fazem parte dos elementos demissionários que não irão continuar no clube na próxima época. “Neste momento está a estabelecer-se contactos com vista ao enquadramento técnico, ao nível da formação, para a nova temporada. Alguns elementos deverão manter-se, mas a grande maioria continua demissionária e deverá sair no final da época”, esclareceu Luís Vargas que, relativamente ao plantel sénior, revela que a estrutura já está a ser definida, apesar da competição ter terminado no passado domingo. Segundo o responsável pelo clube, estão a ser feitos todos os esforços no sentido de manter grande parte do atual grupo.

Notícia completa aqui, no jornal Labor

Despedida com vitória

Posted: Junho 1, 2012 in Futebol

Nacional da 3.ª Divisão de Futebol

Sanjoanense, 1

Ol. Frades, 0

Árbitro: Luís Brás, auxiliado por Francisco Bargas e Joaquim Leitão (Lisboa).

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Sanjoanense. João Silva, Ricardinho, Jonas, Couto, Marquitos, Edgar (Charneca, 87’), António (Pardal, 73’); Rúben, Deco (Carlitos, 73’), Mário, Alex.

Suplentes: Diogo Alves, Diogo, Guedes, Charneca, Carlitos, Pardal, Zé António.

Treinador: Nene.

Ol. Frades: Gito, Triondade, João Paulo, João Pedro, Fábio (Bruno, 63’), Meireles, Gilberto, João Pereira (Diogo, 66’), Zé Carlos, Giorge, Semedo.

Suplentes: André, Nuno Silva, Bruno, Batista, Fred, Toninho, Diogo.

Treinador: Carlos Agostinho.

Marcha do marcador: 1-0 por Jonas (90’+2’).

Acção disciplinar: Cartão amarelo a João Paulo (30’), Trindade (33’), Rúben (34’), Marquitos (42’), João Pedro (57’), Pardal (85’), Alex (90’).

A Sanjoanense encerrou o campeonato da melhor forma ao garantir uma vitória, em casa, frente à formação de Oliveira de Frades. Três pontos que acabaram por não ter qualquer influência na posição dos alvinegros da tabela classificativa já que a descida de divisão foi confirmada na jornada anterior, depois da derrota com o Penalva do Castelo.

Apesar do resultado escasso, foi uma boa partida de futebol, com a Sanjoanense a entrar em campo com uma equipa diferente do habitual. Ainda assim, os locais foram sempre a melhor formação em campo, conseguindo alcançar uma vitória justa, mas que peca por escassa. Apesar do domínio dos alvinegros, o marcador esteve praticamente todo o encontro sem sofrer alterações, tendo sido já em período de descontos que o primeiro e único golo da partida apareceu. Quando já todos esperavam que o jogo terminasse com um empate a zero golos, um pontapé de canto apontado por Marquitos do lado direito, levou a bola à cabeça de Jonas, que saltou mais alto do que tudo e todos e fez o golo da vitória da Sanjoanense e o último da equipa local na 3.ª Divisão Nacional.

A equipa de arbitragem esteve em bom plano.

Neste que foi o último jogo oficial da época para a formação alvinegra, o departamento de desporto da Informédia Rádio, que acompanhou a Sanjoanense ao longo do nacional, distinguiu Janita, Tó Frangolho, Rúben e Rui Miguel, como os mais regulares da época, entregando a cada um o respetivo troféu. O mesmo vai ser feito, no próximo sábado, a um hoquista da equipa sénior da Sanjoanense, seguindo-se depois a equipa feminina de hóquei em patins.

Tó Frangolho recebe o troféu de Carlos Alberto

Rui Miguel recebe também o troféu

Rúben foi outro dos premiados, tal como Janita, que não esteve presente

 

Um total de 32 equipas, provenientes da zona do Porto, Vale do Sousa, Douro e Centro, estiveram presentes, no passado dia 29 de maio, no Campeonato Nacional de Bóccia sénior por equipas, que decorreu no Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo, Paredes.

A coletividade sanjoanense da Associação Cultural e Recreativa “É Bom Viver” foi uma das presentes nesta competição, que arrancou às 10h00 com a fase de apuramentos para os oitavos de final.

Com quatro equipas presentes e um total de 16 atletas, os resultados da manhã não foram muito favoráveis à coletividade de S. João da Madeira, que viu duas das suas formações afastadas da etapa seguinte depois das derrotas sofridas.

Já no início da tarde, na disputa dos oitavos de final, as duas equipas restantes da “É Bom Viver” (ABV1 e ABV2) conseguiram a passagem para a fase seguinte depois de ambas assegurarem o triunfo. A ABV1 venceu a adversária pelos parciais de 11-3, enquanto a ABV2 derrotou a concorrente por 7-6.

Com as duas equipas da coletividade sanjoanense presentes nos quartos de final as dificuldades aumentavam e isso acabou por se refletir na prestação da “É Bom Viver”, que viu mais uma das suas equipas ficar pelo caminho. A ABV2 bateu a formação Câmara Municipal Porto Lazer por 7-6, e garantiu a passagem às meias-finais, mas a sua congénere ABV1 não conseguiu ultrapassar a equipa da Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho, saindo derrotada por 6-7.

Na fase que decidia as formações que iriam disputar a final, a equipa sanjoanense foi uma das contempladas depois de ultrapassar, por 10-1, a formação que na ronda anterior havia eliminado a ABV1. O conjunto da “É Bom Viver”, composto pelos elementos Manuel Amadeu, Isaura Tavares e Vasco Lima, foi superior à Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho e, juntamente com a Vila Urbana de Valbom, que venceu por 5-3 o Centro Social da Sobreira, garantiu a presença no derradeiro jogo.

Na final o título acabaria por ficar com a equipa da coletividade sanjoanense depois da ABV2 bater, por 7-2, a Vila Urbana de Valbom.

No encontro de apuramento para o terceiro e quarto lugar, a Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho derrotou o Centro Social da Sobreira por 8-5.

Classificação

1º Lugar (ABV2) Associação Cultural e Recreativa “É BOM VIVER”

2º Lugar (VUV) Vila Urbana de Valbom

3º Lugar (JAC) Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho

 

Acabar em tristeza

Posted: Junho 1, 2012 in Futsal

Campeonato Distrital de Infantis de futsal

Alquerubim, 7

Fundo de Vila, 4

Fundo de Vila: Xavier Lopo, Tiago Capela, Marcos Almeida, Luís Neves, João Soares, Leandro Sousa, Álvaro Amaral, Marcelo Dias, Guilherme Silva, Rúben Ascêncio e Manuel António.

Treinador: António Ramalho.

Marcadores: Luís Neves (1), João Soares (1), Leandro Sousa (1) e Álvaro Amaral (1).

Com a tabela classificativa perfeitamente definida, independentemente do resultado do jogo, a equipa do Fundo de Vila deslocou-se a Alquerubim para defrontar a formação local.

Começaram melhor os jogadores da casa, que inauguraram o marcador logo nos minutos iniciais do desafio. Os rapazes do Fundo de Vila responderam da melhor forma ao apontar dois golos, passando assim para a frente do marcador.

Ambos os conjuntos se esforçavam por conseguir marcar mais golos, o que viria a acontecer por mais duas vezes, uma para cada lado, chegando-se ao intervalo com a equipa sanjoanense a vencer por 2-3.

Com o início da segunda parte, acabaram por vir ao de cima as enormes dificuldades com que esta equipa se debateu durante a segunda fase do campeonato. Excesso de individualismo e acima de tudo falta de confiança conduziram esta equipa a uma nova derrota, desta feita por 7-4. Com este resultado o Fundo de Vila acabou o campeonato em tristeza.

A árbitra revelou alguma imaturidade, mas no geral acabou por cumprir.

As más prestações protagonizadas pelo Fundo de Vila acabaram por ofuscar o quarto lugar conseguido neste campeonato, deixando um sabor amargo naqueles que sempre acompanharam estes jovens.

Os dois primeiros lugares foram merecidamente ocupados por Travassô e Ossela, sem dúvida as duas melhores equipas deste campeonato 2011/2012.

Vence o melhor

Posted: Junho 1, 2012 in Futsal

Campeonato Distrital de Benjamins de Futsal

Dinamo Sanjoanense, 8

Fundo de Vila, 1

Fundo de Vila. Gonçalo José, Mateus Vieira, André Moreira, Telmo Reis, Gonçalo Alves, Lucas Costa, André Filipe, Roberto Costa e Miguel Santos.

Treinador: Ricardo Amaral.

A época terminou com um jogo caseiro, entre o Dínamo Sanjoanense e o Fundo de Vila, ambas as equipas de S. João da Madeira. Apesar de se tratar do escalão mais baixo de futsal, não deixou de ser um derby e como tal a partida foi bastante disputada. Acabou por vencer a formação do Dínamo Sanjoanense que, com uma exibição bem conseguida, digna de um campeão, garantiu o triunfo. O Fundo de Vila tudo fez para contrariar a superioridade da equipa adversária, mas a exibição e a sorte do jogo não estiveram com a formação de Ricardo Amaral.

O Dínamo Sanjoanense foi assim um justo vencedor, num encontro que ficou marcado pela disciplina e camaradagem, dentro e fora do campo. Apesar desta vitória o Dínamo Sanjoanense ficou a apenas três pontos do título, troféu que seria bem merecido.

O árbitro do encontro esteve sempre atento e seguro, realizando um bom trabalho.

 

Dezenas de atletas, provenientes de várias equipas estiveram presentes no Campeonato Distrital de Juniores, que decorreu na Pista da Universidade de Aveiro, nos dias 26 e 27 de maio. Depois do apuramento para disputar a 1.ª Divisão Nacional, nos próximos dia 9 e 10 de junho, no Estádio Universitário, em Lisboa, o Clube de Campismo de S. João da Madeira voltou a estar em destaque, desta feita, numa competição dirigida aos escalões de formação.

Em termos coletivos os campistas garantiram a segunda posição do pódio, com 87 pontos conquistados, ficando a apenas dois do Núcleo de Atletismo de Cucujães, que somou 89 e conquistou assim o primeiro lugar. O GRECAS fechou os lugares mdalhados ao terminar no terceiro posto, com 74 pontos.

Individualmente a equipa sanjoanense também esteve em bom plano com diversos lugares de pódio conquistados. O destaque vai para o jovem José Viegas que conquistou dois primeiros lugares. O atleta foi o mais rápido nos 100 e nos 200 metros, sendo que nesta última o pódio foi totalmente dominado pelos campistas. José Viegas foi o primeiro classificando, com o tempo de 22,66, enquanto Luís Silva, que também garantiu a segunda posição nos 100 metros, terminou no segundo lugar, com a marca de 22,84. Já Diogo Castro fechou o pódio, com o tempo de 23,21, seguindo-se o colega de equipa Daniel Silva, na quarta posição (23,26). Atleta que esteve melhor na prova dos 400 metros ao conquistar a segunda posição com a marca de 52,11, ficando atrás de Mark Rosnovskiy, da ADREP, que alcançou o tempo de 57,90.

Mário Marques foi outro dos campistas a marcar presença no pódio. O atleta foi o melhor no lançamento de dardo ao conseguir a distância de 48.88, garantindo ainda um terceiro e quarto lugar, no lançamento de martelo e do disco, respetivamente. Já Cristiano Neves ficou-se pelo terceiro posto nos 3.000 obstáculos e quinto nos 1.500 metros. Em estafetas 4×100 metros, a equipa do “Campismo”, constituída por Diogo Castro, Luís Silva, Daniel Silva e José Viegas, garantiu a primeira posição, com o tempo de 45,11.

Já no setor feminino Francisca Silva foi a única campista em prova, alcançando o sétimo lugar na prova dos 200 metros com o tempo de 30,76.

Paralelamente a esta competição realizou-se também o Torneio Veneza de Portugal, prova que contou com a presença de dois atletas do Clube de Campismo. Tony Almeida alinhou nos 80 metros onde alcançou o tempo de 11,94, marca que lhe permitiu conquistar o sexto lugar. Já Bruno Dias, que disputou os 3.000 metros obstáculos, foi quinto classificado, com o tempo de 11,01.

O Clube de Campismo marcou ainda presença no Meeting 25.º Aniversário AAVC, que decorreu em Viana do Castelo. Hugo Almeida foi o melhor campista em prova ao classificar-se no primeiro lugar nos 1500 metros, com o tempo de 3,53. Já António Brandão foi terceiro nos 100 metros (11,02) e João Fontela sexto e nono classificado, nos 100 e 200 metros, respetivamente.